quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O elogio...



Era mais um dia de aulas, como qualquer outro. Ambos (ela e ele) tinham-se aproximado imenso ao longos destes cinco meses *-* Estavam na aula de formação física a falar e a rir descontraidamente, quando derrepente, com aqueles os olhos negros brilhantes e perfurantes e sorriso que tira o ar a qualquer rapariga, vira-se para ela e diz: 
- Tens um sorriso brilhante!
Ela como não estava à espera do elogio, confusa sem saber se era um elogio ou um se estava a zoar com ele, fez beicinho. Ele reparou e rapidamente tentou emendar a situação:
- Ma-mas não é por causa do teu aparelho que é brilhante. Hum...
Ela toda contente sorrio, percebendo agora que afinal era mesmo um elogio e disse casualmente:
- Vou levar isso como um...
- Elogio - ele completou.
Ambos sorriram."Obrigada" sussurrou ela e começou a rir.
Ele, porém, limitou-se a olha-la e exibir o seu lindo e maravilhoso sorriso. *-* 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Posts Mais Vistos: