quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

"Abaralhanço"


Numa aula de História…
Ela estava junto na mesa mesa que sua amiga ‘Lina e Ele se sentara à frente delas com a Dy. Ela pegava com ele, e ele brincava com ela. 
Lina e Dy que estava tentando não comentar que estavam segurando vela mas Lina não se conteve e conseguio dizer antes de Ela conseguir tapar a boca dela:
- Eu estava tentando tanto não mandar indirectas mas eu estou me sentindo a mais. - Sorri.
Ela se ri fingindo que nada se passa e ele continua a rir. Continuam a rir. 
Ela faz uma pergunta ao professor  mas o professor não ouve:  - Professor o que são forjas?
E ele se vira para Ela e Ele explica:
- Estás a ver onde está isso no mapa?
- Sim… 
- Então? O que se faz com o carvão?
Ela não se lembrava naquele momento pois ele fazia toda a lógica sumir da sua mente. Então, por impulso ela responde:
- Eu sei lá!
Lina, Dy e Ele se riem e Ela ri junto.  Depois fica pensando e pensando… Até perceber: Ah! Naquele tempo faziam espadas com carvão! 
Vira-se para Lina e sussurra:
O carvão queima-se não é?
- Não sei. - A sua amiga ri.
Ele volta a tentar:
- Sabes o que é forjar uma espada?
- Sim.
- Então?
- Já sei, já sei! Obrigada. - Sorri para ele. 
Ele faz uma careta. 
- É que tu… Baaah! Esquece! -  Cora olhando para baixo. E volta a olha para ele.
- Simplesmente diga “Tu me abaralhas!” - E esboça aquele lindo sorriso que põe qualquer menina nas nuvens.
Lina, Dy e Ele se riem mas desta vez ela fica sem perceber. 
Uns minutos depois ela desata a rir.
- O que foi? - pergunta Lina.
- Só percebi agora! - Ri Ela.
- Ah sério? Eu pensava que era de raciocíno lento, mas afinal és ainda mais! - Sorri e chama Ele explicando. 
Dá o toque e saem todos da sala… Este iria ser o fim-de-semana mais tedioso de sempre…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Posts Mais Vistos: