terça-feira, 25 de outubro de 2011

Querido Amor* [Parte I & II]

Querido Amor,

Acho uma pena de poucas pessoas hoje em dia escreverem cartas à mão. Só aquela excitação de ver a carta no correio já vale a pena ter esperado tanto tempo! *o* É mesmo uma maravilha! Vou dividir esta carta para ti em partes, para assim separar bem os temas que hei-de referir...

*Parte I - Onde estás?
Decidi começar a escrever-te cartas, assim tenho a certeza que não és parte da minha imaginação... Logo que deixaste de aparecer e deixaste de falar comigo fiquei completamente à nora. Fiquei pensando que desta (única) vez tinhas ficado mesmo zangado comigo. :x Tenho tantas saudades tuas! Seria tão bom te conhecer pessoalmente! Seriamos tão bons amigos! Nunca nos separaremos!! Ai! Seria tão bom, não achas?(: Tenho saudades tuas... Eu sei que temos uma ligação e estou curiosa em saber exactamente o que temos em comum, o que já vivemos juntos, as nossas experiências e o que nos fez estar separados. E apesar de saber que não é bom viver no passado, eu quero mesmo saber, por mais doloroso que seja, por mais que me parta o coração, quero saber. Preciso de saber. Preciso que voltes... :( 

*Parte II - Como tens passado?

Uma noite chuvosa, eu deitada na cama, pensava no que era feito de ti e onde poderias estar. Estarias ao meu lado a ver-me ou estarias a viajar pelo mundo fora cumprindo o que tinhas de cumprir? Não te vou mentir, nesse dia eu tentei chorar, mas algo não me deixava. Já não existia lágrimas. Não entendia o porquê! A dor ainda lá estava e o remorso também permanecia... Lá consegui adormecer mas a última coisa na minha mente foi a memória de ti. Como tens passado? Gostaria muito de ouvir notícias tuas. Por onde tens viajado? Quem tens conhecido? Ai! Quem me dera poder ter ido viajar o mundo contigo meu amor.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Posts Mais Vistos: